Dica #7: Evite determinados locais e companhias

Hoje abordaremos mais uma dica da série série 20 Dicas para Parar de Fumar, trazendo a dica #7: Evite determinados locais e companhias.

O processo para se largar o vício torna-se complicado quando você é lembrado constantemente de que o cigarro “existe”.

Que tipos de locais e companhias é bom evitar?

É importante evitar se reunir com colegas que fumem, bem como locais contendo muitos fumantes.

Mas como assim? Significa que, se eu realmente quiser parar de fumar, devo deixar algumas amizades para trás?“, absolutamente não!

Significa que, durante esse tempo em que você parou de fumar, é fundamental evitar contatos com o cigarro – ainda que indiretos, como ocorre no caso de fumantes passivos.

É mais difícil parar de fumar com companhias ao seu lado fumando.

É mais difícil parar de fumar com companhias ao seu lado fumando.

Afinal, como vimos na última dica, é possível facilitar o processo de largar o vício quando você se esquece da presença do cigarro.

Você não precisa livrar-se de amigos, como no caso de livrar-se de isqueiros e cinzeiros. Apesar disso, busque deixe de vê-los até conseguir ter sucesso em não fumar mais.

Pode até servir como um incetivo. Pense que, quanto mais rápido você largar o cigarro, poderá ver seus amigos e voltar a visitar certos locais como de costume. Ou então, encontre com o seu amigo, mas deixe claro para ele que você está parando de fumar e que, se ele não respeitar e continuar fumando com você por perto, você terá de se afastar.

Procure passar longe de:

  • Barzinhos (Principalmente área de fumantes);
  • Pessoas fumando em lugares públicos ou em churrascos;

Quer saber mais? Dê uma conferida no blog e fique antenado em toda a série de dicas e mais artigos para você viver melhor e mais saudável!

Dica #6: Jogue fora tudo o que te lembra do cigarro

Após já ter acompanhado as cinco primeiras dicas, podemos passar para a dica #5.

É importante livrar-se de tudo o que te remete ao cigarro.

Afinal de contas, se você já está DECIDIDO a parar de fumar, a última coisa que você precisa é de objetos que te lembrem do vício (acesse também nossos perfis sociais para saber mais ainda!).

Objetos que remetam ao hábito

Seja na sua casa, na casa de seus pais, ou no trabalho, se você fuma, existem objetos relacionados ao cigarro.

Cinzeiros, isqueiros, maços vazios… o que for. Se o seu intuito for parar com o vício de uma vez, precisará livrar-se de itens como esses.

Ficará muito mais fácil não lembrar-se do hábito se você não possuir mais nada que te remeta a ele. Caso seu cinzeiro seja caro, guarde-o em uma caixa e esconda-a em um armário, por exemplo.

Eventualmente você irá se esquecer de que ele existe.

Cheiro de cigarro

É difícil largar do cigarro quando você sente o cheiro dele a todo momento. Falaremos mais sobre isso em próximas dicas.

Dessa forma, se você tinha o hábito de fumar dentro de casa, certifique-se de lavar as cortinas, os móveis, colocar um incenso.

Assim que a sua casa (ou escritório) estiver livre do cheiro de cigarro, você até se sentirá melhor. E acredite, vai ser mais fácil de não voltar atrás e começar a fumar novamente.

Caso queira saber mais a respeito do tabagismo, clique aqui

Nós não costumamos indicar remédios para parar de fumar, mas caso queira saber um pouco mais sobre essas opções de remédios, clique aqui.

Dica #5: Definir um dia para deixar de fumar

Através das últimas 4 dicas já pudermos ter uma base para a redução do cigarro, bem como parar/diminuir com o hábito de comprar maços.

Se você chegou até aqui, é porque definitivamente tem a vontade de parar de fumar. E isso é ótimo!

Depois de já ter diminuído os cigarros diários, é importante pensar e definir um dia específico para parar de vez (seguindo também as informações da dica #3).

Formas para definir uma data

Você pode escolher parar com o cigarro através de duas formas:

Gradualmente – Para isso, você precisará reduzir o consumo de cigarros consideravelmente. Por exemplo, se você fuma um maço por dia, tente fumar no máximo 15 cigarros no dia seguinte.

No próximo, fume no máximo 10. Até o momento em que você estará fumando apenas um, e nem estará sentindo tanta vontade – publicamos isso também já no nosso Blogspot!

Você também pode tentar adiar os cigarros.

Por exemplo, se você está com vontade de fumar agora, mentalize “fumo daqui a uma hora”. No segundo dia, adiante por duas horas, três horas.

Quando você perceber que consegue controlar bem o cigarro (e não ser controlado por ele), verá que parar com o hábito nem é tão difícil quanto você imaginava.

Parar Abruptamente

Algumas pessoas tem maior sucesso com esse método. Entretanto, lembre-se de que a partir do momento em que você parar, não deverá voltar a fumar novamente. É

comum a ocorrência de recaídas, mas não se deixe abalar por elas.

Após algumas tentativas, você já saberá dos efeitos da abstinência e o que esperar deles, tornando a sua parada mais tranquila.

Entretanto, tenha em mente que, quando souber que é a hora, terá que ser. É fundamental ter força de vontade para tomar e seguir essa decisão.

Você verá que, quando não estiver mais fumando por alguns dias, não terá porque fumar novamente.

Escolha uma data e siga – ainda que o dia seja apenas daqui um mês, é fundamental determinar.

 

Lembre-se de que se você conseguir evitar o primeiro cigarro, conseguirá evitar os próximos.
Você já sabe como parar de fumar, agora é aplicar!

Caso sinta que precisa de ajuda médica para se livrar da dependência, confira este nosso artigo

 

Dica #4: Reconheça os gatilhos e resista à tentação

Da série “Dicas para Parar de Fumar!“, viemos hoje falar sobre a dica #4, que consiste em reconhecer os gatilhos que te fazem sentir vontade de fumar, e focar neles.

Já vimos que é fundamental fazer listas do porquê você gosta de fumar, o que fazer para substituir o cigarro e a importância de parar de comprar maços.

Agora, falaremos sobre o quão importante é resistir à tentação de fumar, mesmo nos momentos de maior vontade.

Como reconhecer quais são os gatilhos?

Já reparou que a vontade de fumar é mais acentuada em determinados momentos do dia? Depois daquele cafezinho da manhã. após almoçar, antes de dormir, após uma situação de estresse…?

Pois bem, esses são os momentos cruciais, já que é onde a ansiedade por um cigarro é maior.

Qual o seu gatilho?

No seu caso, suponhamos que o gatilho seja uma refeição.

Não significa que você terá que eliminar as refeições e passar fome, mas sim, reconhecer que depois de comer é o momento em que a sua força de vontade precisará agir – sem hesitar.

Com certeza vai ser uma tarefa difícil no começo, não vai ser fácil recusar um cigarro após tomar um café. Mas a partir da hora em que você perceber que é justamente isso que é importante fazer, já será um grande passo para a sua recuperação.

Os primeiros dias são sempre os mais complicados.

Entretanto, o organismo vai percebendo cada vez mais o quanto ele não precisa de nicotina.

O que você poderia tentar:

Experimente identificar quais são os seus gatilhos e, a partir daí, corte ou reduza os cigarros.

Opte, por exemplo, por dar uma descansada após o almoço, vá direto para o sofá, ligue a TV e aconchegue-se. Coma alguma fruta e beba bastante água.

Quando perceber, já estará a 2hs sem fumar após o almoço, e nem terá dado por falta.

Você pode experimentar pelo adesivo de nicotina, que pode ser um grande aliado para evitar a abstinência ou ler também nossa página inicial para conhecer as nossas indicações atuais.

Depoimento de um não-fumante!

Sempre quanto algum amigo meu vem me perguntar alguma coisa sobre como parar de fumar eu indico esse vídeo.

É um vídeo simples, de uma pessoa normal.

Não é um super homem. Não parou da primeira vez.

Precisou as vezes da ajuda de adesivos… mas também tomou outras decisões bem radicais.

Acredito que ele passou por muita coisa que a maioria das pessoas já passaram mas teve a moral de colocar a cara no vídeo e poder contar para os outros como foram as dificuldades dele.

Gostaríamos de continuar com o projeto que ele sugeriu de fazer um blog com vídeos de pessoas que pararam de fumar para poder ajudar os outros… e aqui está o blog!

Entre em contato com a gente ou em algum dos nossos perfis sociais para adicionarmos o seu vídeo aqui também e no nosso canal do Youtube.

Veja o vídeo abaixo ou no Youtube. Compartilhe com os seus amigos.

Forte abraço!

Como o cigarro afeta você: efeitos do tabaco

Fumo do tabaco é extremamente prejudicial à saúde.

Não há nenhum caminho seguro para fumar.

Substituir seu cigarro com um charuto, cachimbo ou narguilé não vai ajudá-lo a evitar os riscos de saúde associados com produtos do tabaco.

Muitos dizem “quero parar de fumar” mas poucos realmente decidem pesquisar todos os pontos negativos do tabagismo para ai então ter mais motivação para lagar o vício.

Malefícios do Cigarro

Os cigarros contêm cerca de 600 ingredientes. Quando eles queimam, elas geram mais de 7.000 produtos químicos, de acordo com a American Lung Association. Muitos desses produtos químicos são venenosos e pelo menos 69 deles pode causar câncer.

Muitos dos mesmos ingredientes são encontrados em charutos e tabaco usado em tubos e cachimbos de água. De acordo com o National Cancer Institute, charutos têm um maior nível de alcatrão, toxinas e substâncias cancerígenas do que cigarros.

Ao usar um cano de cachimbo de água, é provável que inalar fumaça mais do que seria de um cigarro. Fumo de cachimbo de água tem muitos compostos tóxicos e expõe você a mais monóxido de carbono do que cigarros. Cachimbos de água também produzem mais fumo passivo.

Nos Estados Unidos, a taxa de mortalidade para fumantes é três vezes de pessoas que nunca fumaram, de acordo com o Centers for Disease Control and Prevention. É uma das principais causas de morte evitável.

Sistema nervoso central

Um dos ingredientes do tabaco é uma droga de alteração do humor chamada nicotina. Nicotina atinge o cérebro em meros segundos. É um estimulante do sistema nervoso central, assim que você se sente mais energizado por um tempo.

Que diminuir esse efeito, você se sentir cansado e mais anseiam. A nicotina é viciante.
Fumar aumenta o risco de degeneração macular, catarata e miopia. Ele também pode enfraquecer seu sentido do paladar e olfato, então comida pode tornar-se menos agradável.

Seu corpo tem um hormônio do estresse chamado corticosterona, que reduz os efeitos da nicotina. Se você está sob muito stress, você precisará mais nicotina para obter o mesmo efeito.
Retirada física do tabagismo pode prejudicar seu funcionamento cognitivo e fazer você se sentir ansioso, irritado e deprimido. Retirada também pode causar dores de cabeça e problemas de sono.

Sistema respiratório

Quando você inala fumaça, você está levando-se em substâncias que podem danificar os pulmões. Ao longo do tempo, os pulmões perdem a capacidade de filtrar substâncias químicas nocivas. Tosse não pode limpar as toxinas suficientemente, então estas toxinas ficar preso nos pulmões. Os fumantes têm um risco maior de infecções respiratórias, gripes e resfriados.

Em uma condição chamada enfisema, os sacos de ar em seus pulmões são destruídos. Na bronquite crônica, o revestimento dos tubos dos pulmões torna-se inflamada. Ao longo do tempo, fumantes têm maior risco de desenvolver estas formas de doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC). Fumantes de longo prazo também estão em risco aumentado de câncer de pulmão.

Retirada de produtos do tabaco pode causar congestão temporária e respiratória dor como seus pulmões começam a limpar.
As crianças cujos pais fumo são mais propensas a ataques de tosse, chiado no peito e asma do que as crianças cujos pais não. Eles também tendem a ter mais infecções no ouvido. Filhos de fumantes têm taxas mais altas de pneumonia e bronquite.

Sistema cardiovascular

Fumar prejudica todo o seu sistema cardiovascular. Quando a nicotina atinge seu corpo, dá o açúcar no sangue um impulso. Após um curto período de tempo, você fica se sentindo cansado e desejo mais. Nicotina faz com que os vasos sanguíneos apertar, que restringe o fluxo de sangue (doença arterial periférica). Fumar reduz os níveis de colesterol bom e eleva a pressão arterial, que pode resultar em alongamento de artérias e um acúmulo de colesterol ruim (aterosclerose). Fumar aumenta o risco de formação de coágulos de sangue.

Coágulos de sangue e vasos sanguíneos enfraquecidos no cérebro aumentam o risco de um fumador de acidente vascular cerebral. Fumantes que têm coração cirurgia de bypass têm maior risco de doença coronariana recorrente. A longo prazo, os fumantes estão em maior risco de cancro do sangue (leucemia).

Há um risco para não-fumantes, também. Respirar o fumo passivo tem um efeito imediato sobre o sistema cardiovascular. Exposição ao fumo passivo aumenta o risco de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco e doença coronariana.

Pele, cabelo e unhas (sistema tegumentar)

Alguns dos sinais mais óbvios de fumar envolvem a pele. As substâncias no fumo do tabaco, realmente, mudar a estrutura da sua pele. Fumar provoca a descoloração da pele, rugas e envelhecimento precoce. Suas unhas e a pele em seus dedos podem ter uma coloração amarela da exploração, cigarros. Os fumantes geralmente desenvolvem manchas amarelas ou marrons em seus dentes. Cabelo agarra-se com o cheiro do tabaco longo depois que você apague seu cigarro. Ele mesmo se apega para não-fumantes.

Sistema digestivo

Os fumantes estão em grande risco de desenvolver problemas orais. Uso de tabaco pode causar goma inflamação (gengivite) ou infecção (periodontite). Estes problemas podem levar à cárie dentária, perda dentária e mau hálito.
Fumar também aumenta o risco de cancro da boca, garganta, laringe e esôfago. Os fumantes têm maiores taxas de câncer nos rins e câncer pancreático. Os fumantes de charuto mesmo que não inalam estão no risco aumentado de câncer de boca.

Fumar também tem um efeito sobre a insulina, tornando-o mais provável que você vai desenvolver resistência à insulina. Isso coloca em risco aumentado de diabetes tipo 2. Quando se trata de diabetes, fumantes tendem a desenvolver complicações em um ritmo mais rápido do que os não fumantes.

Fumar também deprime o apetite, então você não pode estar recebendo todos os nutrientes que seu corpo precisa. Retirada de produtos do tabaco pode causar náuseas.

Sexualidade e sistema reprodutivo

Fluxo sanguíneo restrito pode afetar a capacidade de um homem para ter uma ereção. Homens e mulheres que fumam podem ter dificuldade em atingir o orgasmo e estão em maior risco de infertilidade. Mulheres que fumam podem experimentar menopausa em uma idade mais adiantada do que as mulheres não-fumantes. Fumar aumenta o risco de uma mulher de câncer cervical.

Fumantes de experiência mais complicações da gravidez, incluindo o aborto, problemas com a placenta e parto prematuro.

As mães grávidas que estão expostas ao fumo passivo também são mais propensas a ter um bebé com baixo peso ao nascer. Bebês nascidos de mães que fumo enquanto grávido estão em maior risco de síndrome da morte infantil repentina (SIDS), defeitos de nascimento e baixo peso ao nascer. Recém-nascidos que respirar o fumo passivo sofrem mais ataques de asma e infecções de ouvido.

Essas e outras dicas para largar o cigarro você encontra pelo nosso blog!

Fontes

http://www.healthline.com/health/smoking/effects-on-body

Dica #3: pare de comprar maços!

Como você está se preparando sair, pare de comprar caixas de cigarros.

As dicas de listas ficaram para trás, hora de agir!

Seu plano não é parar de fumar? Então a melhor forma é não ter o que fumar… ou nesse caso, ter muito menos o que fumar.
Menos cigarros = mais saúde.

Em vez disso, apenas comprar um pacote de cada vez e só carregar dois ou três com você em um momento (tente colocá-los em uma latinha).

Além disso, um maço é muito mais caro.
Comece a economizar dessa maneira, vamos falar mais sobre isso em outra dica.

Eventualmente, você encontrará que, quando você quer fumar, você não terá um cigarrinho disponível.

Bingo, mais um dia vencendo o tabagismo.

Que lentamente, pouco a pouco, vai desmamar você dos cigarros, principalmente se associado com outros métodos e remédios, como o Zyban.

Para essas coisas, lembre: um dia de cada vez. Você só precisa parar hoje. Esqueça o amanhã.

Fume menos hoje.

Fume menos sempre!

Dica 3 - não compre maços!

Aguarde, em breve mais posts da série Dicas para Parar de Fumar!

Zyban: parar de fumar com esse remédio funciona?

O cloridrato de bupropiona, com o nome comercia de Zyban (chamado também na internet de Ziban) é um remédio para parar de fumar. Foi descoberto na década de 70 e ainda hoje é utilizado – em menor escala – em tratamento de dependências químicas.

Veja os valores médios de farmácias online (ou seja, perto da sua casa vai ser até 50% mais caro):

Preço de Cloridrato de Bupropiona (Zyban, Bup)

Existe algum remédio eficaz?

Normalmente os remédios tem muitos efeitos colaterais ou nem são mesmo feitos para parar de fumar (como o Zyban não é) e por isso seu efeito costuma ser pouquíssimo eficaz.

O kit Chega de Cigarro (link do site com desconto), composto por um multivitamínico e um floral, é uma solução que tem dado bastante resultado para os usuários (além de ter garantia de parar de fumar ou seu dinheiro de volta!).

Video pare de Fumar com remédios que funcionam!

Além disso, não é apenas um remédio: junto com o kit você recebe também um livreto com instruções para auxiliar o seu tratamento e te livrar de todas as dependências do cigarro: física, emocional e psicológica.

O tratamento é bem completo porque foca em eliminar essas 3 dependências, e não somente uma delas, como as reposições de nicotina fazem.

O site possui até uma calculadora para ver a economia que voce vai fazer ao decidir parar de ser fumante. Clique na imagem abaixo para acessar o site com a calculadora.

Calculadora de Economia ao largar o cigarro

Sugerimos o teste desse método, que tem total garantia.

Imagina poder investir numa solução – com garantia de funcionamento, como pode ver no vídeo – e ter finalmente esse vício longe de você?

Quantas coisas você não faria melhor, teria mais saúde, voltaria a subir de escadas e a praticar aquele esporte que sente falta, além de não ter mais aquele cheiro de cigarro que chama a atenção de todo mundo?

Conquiste a sua saúde de volta!

Faça um pedido, 100% de garantia – o que você tem a perder? NADA! E a ganhar? MUITO!

Vou em breve conseguir mais depoimentos com o dono do produto, que inclusive comentou que o preço com desconto possa sair do site a qualquer momento.

Aproveite!

Tenha sua saúde de volta! Largue o fumo hoje!

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer um método com 91% de sucesso?

ENTÃO LEIA COM ATENÇÃO: por menos do que 02 caixinhas desse remédio você pode fazer parte de uma turma que tem 91% de taxa de sucesso – basta ler essa página e assistir um vídeo que vai te explicar TUDO, cada um dos 10 passos que vão te levar com 91% de certeza a se tornar um não-fumante de uma vez por todas.

OU… você pode ficar na mesma:

  • terceirizando a solução,
  • tentando comprar soluções mágicas e
  • entregando o destino da sua vida e da sua saúde aos lucros da indústria farmacêutica
    (que não quer curar, quer lucrar).

Agora, se o seu objetivo é só se informar ou gastar dinheiro a toa, esse artigo vai falar sobre detalhes desse remédio, sua utilização e efeitos colaterais (além do desperdício de dinheiro).

Como funciona o Zyban

A bupropiona é uma pílula que você tomar para reduzir a sua ânsia para o tabaco. A maneira que ele faz isso não é totalmente conhecida. Bupropiona não contém nicotina e não ajudá-lo a parar de fumar na mesma que maneira faz a terapia de reposição de nicotina. Mas como outros medicamentos, diminui cravings e sintomas de abstinência.

Os médicos também prescrevem bupropion (sob a marca Wellbutrin) para tratar a depressão. Mas a capacidade do bupropion para ajudar as pessoas a parar de fumar não está relacionada a sua ação antidepressiva. Pode ajudá-lo a parar de fumar mesmo se você não tem depressão.

Você começa a tomar bupropiona diariamente, 1 a 2 semanas antes de você parar de fumar. Isto acumula-se o nível do medicamento no seu corpo. Você tomar a bupropiona por 7 a 12 semanas após parar de usar o tabaco. Você aguenta para contanto que seis meses a um ano.

Por que ele é usado?

Bupropiona é aprovada para uso em pessoas que fumam 10 ou mais cigarros por dia e são pelo menos 18 anos de idade. Os médicos prescrevem para ajudar as pessoas quando eles pararam de fumar.

Você não deve tomar a bupropiona se você:

Já está tomando outros medicamentos que contenham bupropiona (por exemplo, Wellbutrin).
Tem convulsões ou uma condição médica que o torna propenso a ataques.
Está tomando um inibidor da monoamina oxidase (IMAO).
Tenho um distúrbio alimentar.
Tenho um problema de uso de álcool.
Como ele funciona
Bupropion funciona tão bem como terapias de reposição de nicotina (NRTs). Uso de bupropiona junto com terapia de reposição de nicotina (como adesivos de nicotina, goma ou inalador) pode aumentar suas chances de sucesso.

Tomado como dirigido, o Cloridrato de Bupropiona reduz:

  • O desejo;
  • Irritabilidade, agitação, ansiedade;
  • Dificuldade de concentração;
  • Sentimentos de infelicidade ou depressão;
  • Efeitos colaterais.

Efeitos colaterais comuns incluem:

  • Boca seca, afetando 1 em cada 10 pessoas que usam o Bupropiona;
  • Dificuldade de dormir (insônia). Se você tomar um de manhã e à noite dose, tomar a dose de noite à tarde pode ajudar com problemas de sono. Tome a dose da noite pelo menos 8 horas após a dose de manhã;
  • Em mais de 70 fora de 100 pessoas que usam o bupropion, os efeitos colaterais acima desaparece dentro de uma semana após parar de tomar o medicamento. Somente aproximadamente 10 de 100 pessoas tem que parar de tomar a bupropiona devido aos efeitos colaterais.

Menos efeitos colaterais mais comuns (ocorrendo em menos de 10 em cada 100 pessoas) incluem:

  • Tontura;
  • Dificuldade de concentração;
  • Dor de estômago (náuseas);
  • Ansiedade;
  • Prisão de ventre;
  • Tremores;
  • Problemas de pele ou erupções cutâneas.
  • Há um pequeno risco de convulsões quando uso de bupropiona (risco aumenta se tiver tido convulsões no passado).

Aviso do FDA. O E.U. Food and Drug Administration (FDA) adverte que as pessoas que estão tomando bupropion (Zyban) e que experimentam mudanças graves ou incomuns de humor ou comportamento ou que se machucar outra pessoa ou se devem parar de tomar o medicamento e chame um médico imediatamente. Se você já tem um problema de humor ou comportamento, certifique-se que informe o seu médico antes de decidir usar este medicamento.

Amigos ou familiares que observar essas alterações no comportamento de alguém que está a tomar a bupropiona (Zyban) para parar de fumar devem informar a pessoa de suas preocupações e aconselhá-lo ou ela para parar de tomar a droga e chame um médico imediatamente.

Consulte a referência de drogas para obter uma lista completa de efeitos colaterais. (Medicamento de referência não é disponível em todos os sistemas).

O que médicos pensam sobre

Como outros tratamentos, Bupropiona funciona melhor quando é parte de um programa que inclui estabelecer uma data de parar; ter um plano para lidar com as coisas que fazem que você chegar para um cigarro (disparadores de fumar); e recebendo o apoio de um médico, advogado ou grupo de apoio.

Uso de cloridrato de bupropiona junto com terapia de reposição de nicotina (como adesivos de nicotina, goma ou inalador) pode funcionar melhor do que qualquer terapia sozinha. Converse com seu médico antes de combinar a bupropiona com terapia de reposição de nicotina.

Se estiver grávida, amamentando ou planejando engravidar, não use qualquer medicamento a menos que seu médico lhe. Alguns medicamentos podem prejudicar seu bebê. Isto inclui a prescrição e medicamentos sem receita, vitaminas, ervas e suplementos. E certifique-se de que todos os médicos sabem que você está grávida, amamentando ou planejamento para engravidar.

Dica #2: Liste as dificuldades que vai encontrar

Dica 2 - outras lista, agora de dificuldadesNossa dica #1 foi relacionada a uma lista das coisas que você gosta no cigarro.
Assim você poderia entender melhor o seu vício e ficar preparado para os momentos que pode querer fumar.

E a Dica #2 também envolve uma lista.
Dessa vez uma outra lista de por que desistir não vai ser fácil se livrar do cigarro.

Contraintuitivo para quem quer parar?

Seja minucioso, mesmo se a lista ficar longa e um pouco desanimadora.

Aqui está a parte importante: ao lado de cada uma dessas coisas liste uma ou mais opções para superar esse desafio.

Por exemplo, um item pode ser: “A nicotina é uma droga que vicia.”
Sua opção poderá ser: “Tente uma alternativa de substituição de nicotina”.

Outra razão poderia ser: “Fumar me ajuda a lidar com o estresse”.
Sua opção poderá ser: “Caminha cinco minutos em vez disso.”

Quanto mais você antecipar os desafios que vão acontecer – fatalmente – e suas soluções, melhor sua chance de sucesso!

Não desista!

Envolva pessoas que você ama nesse processo.

Não se sinta sozinho nesse momento.
Não tenha vergonha de pedir ajuda.

Lembre-se das pessoas que você ama nessa sua lista e com certeza terá um ânimo a mais para superar o tabagismo!

Início da série “20 Dicas Para Parar De Fumar”

Olá, leitor, bom dia/tarde/noite!

Hoje estamos começando aqui no CPdF a série 20 Dicas Para Parar de Fumar, com posts simples e curtos com dicas que vão te ajudar ainda mais com esse momento difícil de parar com o cigarro.

Não ache que você vai parar usando só uma dica ou na primeira: persistência é a palavra aqui.

Se conhece alguém que pode se beneficiar desse conteúdo, repasse para ele.
Ele ainda irá te agradecer, pode ter certeza 😉

Dica 1 - lista parar parar de fumar

Dica #1: Faça uma lista – honesta – de todas as coisas que você gosta relacionadas ao tabagismo

Desenhe uma linha no centro de um pedaço de papel e escreva-as de um lado.

O outro lado deve ser uma lista de todas as coisas você não gosta, tais como

  • ele pode interferir com sua saúde;
  • atrapalhar seu trabalho;
  • arruinar a convivência em família
  • etc.,

Essa é a sugestão do Dr. Daniel Z. Lieberman, M.D., diretor do centro de pesquisa clínica psiquiátrico na George Washington University Medical Center em Washington, D.C.

Ele sugere também pensar sobre a lista ao longo do tempo e fazer alterações.

Se você for corajoso o suficiente, peça para receber comentários de família e amigos sobre as coisas que eles não gostam sobre o seu uso de cigarros.

Quando o lado negativo supera o lado positivo, você está pronto para desistir.

E agora? Ação!

Coloque a dica em prática.

Busque ajuda.

Compartilhe a ideia com quem precisa!

Assim o mundo vai cada dia mais, pessoa a pessoa, se vendo livre dessa droga hoje considerada normal que é o cigarro.

Abraço!

 

ps.: veja também nossa dica sobre adesivos para parar de fumar